quarta-feira, 16 de junho de 2010

OLHAR - POESIA

OLHAR QUE TUDO VÊ
E NADA ENXERGA
INTENSIDADE NA SUA EXTENSÃO
COLORIDO E POETIZADO EM VERDADES SENTIMENTAIS
MÚSICAIS E MISTÉRIOSAS...
JARDINS CHEIOS DE SEMENTES
FLORINDO CONTORNOS DO CORAÇÃO
CAMINHANDO PELA ESTRADA DA VIDA
CANÇÃO DE UM OLHAR
CARREGADA DE SENSAÇÕES FORTES
MORADA DISPLICENTE
OLHAR DE AMOR
CLAREIA HORIZONTES
ANUNCIA ESPERANÇA
OLHAR QUE FALA SEM PALAVRAS
GRAÇA TRISTÃO
"POR FAVOR CLIC NA IMAGEM PARA AUMENTAR"

Um comentário:

*Isis* disse...

Olá amiga^.
Desculpa a ausência, mas nunca deixaria de vir te ler, e saborear essas belezas que são teus lindos poemas.
Este é mais um deles.
Bjinho querida.

MEUS VISITANTES

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails